Outros

Obra Diocesana do Porto


O objetivo geral deste projeto da Obra Diocesana, é a melhoria da promoção social das populações onde a sua atividade é exercida, ou seja, toda a forma de ação social em ordem a dinamizar os indivíduos, grupos e comunidades, com o objetivo de encontrarem uma situação nova e mais elevada onde serão os próprios artífices, a partir de uma consciencialização das suas potencialidades e de participação de todos na vida social, económica e cultural, assim como desenvolver o espírito de convivência e solidariedade social.

Do contacto com as comunidades locais e de conjunturas sociopolíticas do país, a ODPS fez a sua evolução criando Centros Sociais e gerindo equipamentos com valências que “prestam apoio aos cidadãos na velhice e invalidez, às crianças, jovens e famílias, em ordem à promoção integral da pessoa, por via da solidariedade e da justiça”.

Para a realização dos seus objetivos, a ODPS desenvolve a sua ação nos bairros de Carriçal, Cerco do Porto, Fonte da Moura, Lagarteiro, Machado Vaz, Pasteleira, Pinheiro Torres, Rainha D. Leonor, Regado, São João de Deus, São Roque da Lameira e São Tomé, apoiando a sua população mais carenciada.

Nestes bairros, a ODPS tem instalados 12 Centros Sociais, onde mantém as valências de Creche, Pré-escolar, ATL, Centro de Dia, Centro de Convívio, Apoio Domiciliário (incluindo fins-de-semana e feriados) e ainda Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP).

(Josefina Basenga)

Ver mais informação -->


APPACDM – Atividades de Hidroterapia


O projeto tem como finalidade a requalificação da área terapêutica.

Neste momento existe uma piscina que não está adequada às necessidades dos utentes uma vez que não reúne as condições necessárias básicas para a sua utilização e que além disso necessita da substituição de toda a maquinaria indispensável o funcionamento da piscina.

A atual piscina será transformada num Tanque Terapêutico com 3mx6m, com acesso por escada e elevador específico para proporcionar aos utentes da APPACDM do Porto atividades de hidroginástica e hidroterapia, uma sala para exercícios de reabilitação, treino e ensino de técnicas diversas de mobilidade e conhecimento; Duas salas com tanques para hidromassagem; Três salas para terapias com duche individual. Este projeto também contempla dois balneários.

(Josefina Basenga)

Ver mais informação -->


Centro Social Lustosa


A recente conclusão e disponibilização de terrenos do Parque Industrial de Lustosa tornou-se num fator de desenvolvimento local, criando empresas e empregos potenciando desta forma, a necessidade de um equipamento de apoio às famílias já instaladas e às que se fixaram entretanto.

Este fato agravou a necessidade urgente de dar resposta às famílias em período laboral, pelo fato de existirem crianças de famílias disfuncionais expostas a situações de risco/perigo eminente.

(Padre Felisberto Alves Capela)

Ver mais informação -->


CSP Carvalhosa – Creche


A Nova resposta social da Creche do Centro Social e Paroquial de Carvalhosa, surge na sequência do défice deste tipo de respostas na freguesia e no concelho, uma realidade constatada há já muito tempo e comprovada por um estudo realizado pela rede social local.

Assim com a transição dos utentes para o “ Pólo de Fontão”, foi possível a esta instituição remodelar os espaços até então afctos às respostas sociais do Jardim-de-infância e do CATL, para os converter para creche. Foi então implementado um projeto para licenciamento de uma creche para 33 utentes e Apoio Domiciliário para 50 utentes.

Este projeto visa assim a implementação de uma nova resposta social “Creche”, bem como o aumento da capacidade da resposta social do Apoio Domiciliário de 15 para 50 utentes.

(Padre José Avelino Torres Moreira)

Ver mais informação -->


Centro de noite CLAP


O crescente número de idosos, associado ao aumento da dispersão das famílias cria situações graves de carências diversas e de isolamento desta camada da população.

A este quadro demográfico, temos que acrescentar a inexistência na área de qualquer serviço de saúde e dificuldade de acesso a estes serviços concentrados na cidade, devido à precária rede de transportes públicos.

A fim de minorar as dificuldades decorrentes do isolamento destas pessoas e retardar ou evitar a sua institucionalização, o CLAP propõe a criação de um Centro de Noite. Este equipamento seria instalado na atual Escola do ensino básico do Paço na freguesia de Vila Chã do Marão, escola que será encerrada em Junho próximo devido à abertura do Centro Escolar na cidade.

(Padre José Magalhães)

Ver mais informação -->


UDIPSS – Porto


A missão organizacional da União, a sua natureza e os princípios subjacentes à sua origem tiveram na base as necessidades e debilidades, fundamentalmente, organizativas e técnicas das instituições que a constituem.

O edifício-sede, onde atualmente desenvolve as suas atividades, foi adquirido em 1991 pelo então presidente do Secretariado Distrital da União das Instituições Particulares de Solidariedade Social (UIPSS) com fundos disponibilizados por diversas entidades, designadamente do Ministério do trabalho e da Solidariedade Social, do Governo Civil do Distrito do Porto e de várias autarquias. Em 2008, e resolvidas todas as questões burocráticas relacionadas com a autonomização dos secretariados distritais, a respectiva propriedade transitou para a UDIPSS-PORTO. Todavia, e fruto do passar do tempo, da escassez de recursos e a cada vez maior exigência normativa e de apoio às organizações, assim como a falta de apoios para o efeito, nunca foi possível recuperar e adaptá-lo à sua realidade funcional, às normas em vigor de forma a garantir o bem-estar e a segurança de todos os que o frequentam regularmente.

Atualmente, o edifício encontra-se num elevado estado de degradação, necessitando de uma intervenção de fundo para a qual, do ponto de vista do investimento financeiro, a UDIPSS-PORTO não está, de todo, preparada.

(Padre José Lopes Baptista)

Ver mais informação -->


TechClub


O TechClub será uma organização social, sediada no Porto, criada no âmbito do SocialSpin – empreendedorismo na área da economia social. O SocialSpin faz parte do SpinLogic – programa de empreendedorismo da Católica Porto.

O TechClub representa uma terceira via para o enquadramento pessoal-profissional na vida ativa dos cidadãos através de um ambiente de trabalho orientado no sentido de produzir para vender – em alternativa ao ‘clássico´emprego ou à criação do próprio negócio. Destina-se, por isso, aos ‘intrapreneurs’, as pessoas que adotam uma atitude empreendedora em todas as dimensões da sua vida. O TechClub será um contexto em que cada pessoa poderá desenvolver esse seu potencial intrapreneur e aumentar a sua realização pessoal e profissional.

O TechClub disponibilizará um conjunto de oficinas e laboratórios para que os beneficiários possam desenvolver e praticar as suas capacidades em várias áreas das artes e ofícios. Será um espaço de recursos tecnológicos para o desenvolvimento e fabrico de protótipos e pequenas séries de produtos com o intuito de serem vendidos inicialmente em lojas virtuais.

(Padre José Magalhães)

Ver mais informação -->