Membros do Conselho Superior da FLD

Rogério J. de Matos e Guimarães, Presidente da FLD


De 1987 a 1994, foi consultor da empresa Fresh Fruit, sediada em São Paulo, Brasil, para a área das finanças e comércio internacionais com acções presenciais em Nova Iorque, Miami, Toronto, Buenos Aires, Montevideu, Londres, Estocolmo, Copenhaga, Madrid, Paris, Zurique, Genebra, Munique, Berlim, e Telavive

Liderou um grupo de trabalho envolvendo o INEGI e o INESC-Porto para o desenvolvimento de unidades de produção de energia eléctrica por co-geração e tratamento de biomassa florestal.

Líder do grupo pluridisciplinar universitário criador do Dossier Estrutural e Estruturante da Fundação Lusitânia, bem como do modelo de negócio, integrado num novo paradigma económico e social, por aplicação e reinvestimento dos dividendos da Fundação em programas sustentados de micro-crédito e de investigação destinados à base da pirâmide social (Economia Social de Mercado).


Província Portuguesa da Congregação do Santíssimo Redentor (Redentoristas)


Representada pelo seu Superior Provincial, que neste momento é o Rev.º Padre António Marinho de Freitas, que se tem dedicado a cuidar da juventude e da pastoral paroquial e à evangelização de algumas terras de Portugal.


Padre António Gomes Dias


Além do curso teológico, especializou-se em pastoral catequética, trabalhou na formação da juventude e tem percorrido muitas terras de Portugal anunciando a boa nova da Salvação


Padre Diamantino Dias de Almeida


Procurador Provincial da Congregação do Santíssimo Redentor. Trabalhou alguns anos na formação da juventude, participou em pregações por algumas terras de Portugal e tem a seu cuidado zelar pelos bens materiais da Congregação, de modo a ajudar a obra que a Congregação exerce em Portugal e em Angola em favor das pessoas mais carenciadas.


Padre Carlos Vaz


Doutorado em Teologia pela Universidade Gregoriana, em 1971, Mestre em Literaturas Românicas pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto; Docente e orientador de estágio de humanidades durante 20 anos. É presidente do Instituto Diocesano de Apoio ao Clero (IDAC) de Braga, e Reitor da Igreja de Nossa senhora-a-Branca, desde 1978. Dirige o mensário «A Voz de Melgaço». Tem várias obras publicadas, quer no campo da Teologia quer das Humanidades. Teve um papel de dinamizador de «AUXILIA» associação de apoio e ajuda aos deficientes físicos


Américo Ribeiro


Trabalhou oito anos na Banque Nationale de Paris, 6 anos no Banco Internacional de Crédito e foi -Director Coordenador do BPN. É Presidente do Conselho de Administração da Obra Diocesana de Promoção Social do Porto.